Rod. Curitiba - Ponta Grossa Br-277, Km 2, 1875, Mossunguê, Curitiba/PR - 82305-100

Dias de chuva: como pensar em rotas para empresas de transporte!

fevereiro 20, 2020

Se todo dia de chuva já é um fator a mais para causar caos nos trânsitos das grandes cidades, dá para imaginar o quanto é afetada a operação de uma frota de ônibus em rotinas chuvosas? Atraso de entregas, veículos danificados, acidentes, são muitas as causas de prejuízos durante os temporais.

Dirigir na chuva requer muitos cuidados dos motoristas, mesmo os mais experientes podem sofrer com esses percalços, e gestores que organizam o dia a dia das frotas. Montamos um guia com tudo que deve se atentar na organização de uma operação em dias de chuva. Fique atento!

Treinamento

Se a sua empresa já oferece cursos de capacitação para colaboradores, insira no programa a parte de treinamento para direção em dias de chuva, caso não haja essa oferta, é melhor vocês repensarem o assunto.

São muitos os fatores a serem considerados quando o motorista é surpreendido pela chuva e, consequentemente, alagamentos. E quanto mais preparado, menores as chances de problemas causados pelos temporais. Vamos a alguns deles:

Carros ilhados

Tentar passar por ruas inundadas, mesmo com um carro alto, nunca é uma boa ideia. O aconselhável é procurar um ponto seguro, mais alto, e esperar a chuva forte passar e a via, ou vias, que precisam serem transitadas esvaziarem. Caso não seja possível aguardar, mantenha uma velocidade constante e não troque de marcha, se o seu carro for manual, dentro do alagamento.

Visibilidade reduzida

Chuva é sinônimo de vidros embaçados e muita água no vidro, por isso, manter o para-brisas ligado é uma obrigação prevista em lei, já que garante a segurança do motorista e de todos no automóvel. Outra obrigatoriedade é manter os vidros sempre limpos e as hastes do para-brisas sempre em bom estado.

Pistas escorregadias

Durante chuvas é maior o risco de derrapagens e perda do controle dos veículos, por isso, conservar os pneus sempre em ótimas condições e manter uma velocidade segura contribui para diminuir incidência de acidentes.

Mais algumas dicas para condução na chuva:

  • Manter uma aceleração constante e sem grandes variações;
  • Escolher o câmbio automático para transitar;
  • Ter muito cuidado ao frear;
  • Manter distância confiável do veículo à frente.

Previsão de chuva

É muito comum conseguir saber a previsão de tempo para daqui algumas horas e até uma semana para frente, por isso, olhe sempre a previsão de institutos especializados que podem ajudar na hora de estabelecer rotas e horários para trafegar.

Prevenção de problemas

Tenha sempre veículos e equipamentos muito bem checados e revisados para encarar dias de chuvas.

O normal é sempre se fazer a manutenção básica de motores e itens comuns, mas além dessa checagem, esteja atento para esses equipamentos: suspensão, para-brisas, faróis e lanternas, freios, palhetas e balanceamento e alinhamento dos pneus.

Planejamento de rota

Como já dissemos antes, sempre considere os dias ou horários de chuva para definir as rotas que fará. Assim, sempre tenha em mente percursos de fuga de locais que geralmente sofrem com as chuvas, tanto com alagamentos quanto com trânsito em demasia (não preciso nem falar que essas ruas já devem estar sinalizadas e mapeadas).

E não tenha medo de mudar caminhos, é preferível, às vezes, andar mais por um trajeto alternativo do que ficar parado mais tempo em engarrafamentos em locais intransitáveis.

Na Rimatur Transportes, o nosso setor de logística é equipado e qualificado para planejar os caminhos que nossos ônibus vão tomar todos os dias, independente das condições climáticas. Tenha a certeza de que aqui, o melhor trajeto é o que você vai fazer conosco.