Rod. Curitiba - Ponta Grossa Br-277, Km 2, 1875, Mossunguê, Curitiba/PR - 82305-100

Preciso viajar com meu animal, ele pode ir no ônibus comigo?

Abril 5, 2018

Quem tem animal de estimação sabe, quando se vai viajar é sempre uma dor no coração deixar o bichinho na casa de conhecidos ou em hotéis para pets. Por isso, quando há a oportunidade de levar o animal, você se anima mas logo vem a preocupação: como vou levar meu bicho no ônibus?

Independente se você vai viajar com empresa de linha ou contratando o fretamento turístico, você pode levar o seu amiguinho mas tem que seguir algumas regras da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Fique atento:

1 – Vai viajar com cães ou gatos, você precisa providenciar um Atestado Sanitário para Trânsito. Este documento é expedido por qualquer veterinário credenciado no Conselho Regional de Medicina Veterinária da região de origem do seu pet. Detalhe: o documento tem que ter, no máximo, 10 dias de expedição;

2 – Mesmo com Atestado Sanitário, no caso de cães e gatos, os donos de animais, tem que ter junto a si a carteira de vacinação atualizada, a principal preocupação é com a imunização antirrábica;

3- O bichinho deverá, obrigatoriamente, viajar em uma caixa de tamanho apropriado para ele, este recipiente deve evitar vazamentos e, a cada parada, ser limpo e higienizado. A maioria das empresas destinam a acomodação da caixa no assento ao lado do seu dono. Nesta possibilidade, há a obrigação de comprar mais um lugar no ônibus;

4 – Em viagens internacionais, é exigido o Certificado Zoosanitário Internacional (CZI). Fique atento às exigências de cada país para emitir o documento com as informações necessárias nas unidades do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa);

5 – De qualquer maneira, não são todos os tamanhos de animais aceitos em viagens de ônibus. Quase todas as empresas só aceitam pets de pequeno porte, que não interfiram no conforto dos outros passageiros. Mantenha contato com a companhia da viagem para saber detalhes do tamanho da caixa de transporte e como deve ser o procedimento com cada animal. Ainda, há algumas empresas que exigem a sedação do bichinho. Converse com seu veterinário e a transportadora sobre essa possibilidade;

6 – Se você tem outras espécies de animais deverá providenciar a Guia de Trânsito de Animal junto ao Ministério da Agricultura para viajar. Se possui animais silvestres, precisa apresentar autorização do IBAMA;

7 – As empresas podem ter algumas exigências extras além das previstas pela ANTT: é difícil achar alguma empresa que nåo transporte, no máximo, dois animais por viagem. A companhia pode exigir a assinatura de um termo de responsabilidade, isentando a empresa nos riscos que o animal corre na viagem.

Como há a possibilidade de regras de acordo com os entendimentos de cada empresa, tente, com a maior antecedência possível, conversar com a companhia responsável e ver o que ela traz de obrigações para os donos de animais de estimação na hora de viajar. Mas fique tranquilo, você e seu bichinho não perderão a próxima viagem!