Rod. Curitiba - Ponta Grossa Br-277, Km 2, 1875, Mossunguê, Curitiba/PR - 82305-100
+(55) 41 2141-5700

Fatores importantes para gestão de uma operação de fretamento

Setembro 12, 2018

Em busca de maior qualidade de vida, cada vez mais pessoas optam por deixar o carro em casa ou abrir mão do transporte público para utilizar fretados na ida ao trabalho.

Na outra ponta, grandes empresas apostam na terceirização de frotas para oferecer o serviço de fretamento como benefício indireto para seus funcionários.

O fato é que o mercado está cada vez mais aquecido e atrai os olhares de muitos empreendedores. No entanto, fazer a gestão de uma operação de fretamento não é tarefa simples e exige atenção a fatores importantes.


Profissionalizar a operação

Em primeiro lugar, a gestão precisa ser profissionalizada. Esta é uma operação complexa que não pode ser feita por qualquer pessoa, pois é preciso contar com um bom sistema informatizado, intensa análise de dados e planejamento estratégico para montar uma rota otimizada de acordo com o volume de clientes e viagens estipuladas.

É importante que a empresa de transporte tenha pleno controle dos seus números para tomar decisões de maneira preventiva e estratégica e também ser capaz de fornecedor para o cliente relatórios gerenciais minuciosos, como informações referentes aos passageiros, data e hora de embarque, alterações de itinerários, distâncias percorridas, etc.


Conhecer bem o cliente final

Seja o fretamento direcionado para passageiros particulares ou grupos de funcionários de uma empresa, é fundamental conhecer bem os usuários.

Atender pessoas que trabalham em horário comercial padrão difere muito de equipes de trabalham por turnos e em sistema de escalas, por exemplo, onde os itinerários tendem a variar com frequência praticamente diária. Pessoas com necessidades especiais também exigem cuidados específicos.

Outro fator importante na gestão diz respeito às informações recebidas das empresas. Qualquer evento não reportado (admissões, desligamentos, transferência de turno, mudança de endereço) impactará diretamente na operação de fretamento. Por isto a importância de prezar por uma informação de qualidade.


Legalizar o negócio

Em um segmento que ainda enfrenta sérios problemas de clandestinidade, entender e se adequar à legislação do setor é fator de sucesso para o negócio. Há, por exemplo, áreas restritas para circulação e parada dos veículos de transporte fretado, assim como é obrigatória a contratação de seguro para o veículo e passageiros.

Ainda existem as licenças específicas que devem ser providenciadas junto à Prefeitura, bombeiros, Órgãos Municipais e Estaduais de Meio Ambiente, Agência Nacional de Transporte Terrestre – ANTT, entre outros.

Procura uma empresa que atende a todos esses requisitos e prima pela qualidade e gestão de suas rotas? A Rimatur Transportes é a sua escolha!